Revista Cadernos de Campo - UNESP: dossiê sobre o fazer enunciativo e a sociedade contemporânea

[breaking news!] A revista Cadernos de Campo, da Pós-graduação em Ciências Sociais da UNESP Araraquara, acaba de publicar um importante dossiê: "O fazer enunciativo diante de desafios sociais contemporâneos", sob a organização de Fernando Moreira (pós-graduando em semiótica USP, São Paulo) e Luciana Santana (professora de Ciência Política da UFAL, Maceió). Estão reunidos trabalhos de pesquisadores com variadas formações, incluindo nomes célebres das humanidades (diplomata Rubens Ricupero, filósofa Márcia Tiburi, analista do discurso Dominique Maingueneau) e, entre eles, há uma significativa participação de semioticistas de diferentes centros. Não deixe de ler a entrevista concedida por Diana Luz Pessoa de Barros a Fernando Moreira e Joyce Lopes. Leia também os artigos de Jacques Fontanille, Per Aage Brandt, Zdzisław Wąsik, Alexandre Marcelo Bueno, Conrado Moreira Mendes, Renato Albuquerque de Oliveira. Um rico dossiê trazendo destacadas contribuições à reflexão semiótica sobre o social e o político nos dias de hoje.

Pós-graduação FFLCH-USP: disciplinas de semiótica - segundo semestre de 2020

No segundo semestre de 2020, duas disciplinas de Pós-Graduação ligadas à semiótica são oferecidas (modo remoto) na FFLCH-USP:

1. Terças-feiras, 14h - 17h. Teoria do Discurso: Organização da Narrativa e do Discurso (FLL5700), ministrada por Diana Luz Pessoa de Barros e Eliane Soares de Lima. Início das aulas: 15/09/2020;

2. Quintas-feiras, 14h - 17h. Teoria semiótica do discurso: tendências atuais, pontos críticos, conceitos revisitados (FLL5134), ministrada por Waldir Beividas. Início das aulas: 17/09/2020.

Para informações em detalhe: Departamento de Linguística.

Documento raro: Greimas entrevistado na rádio France Culture (1988)

greimas_by_floch_detail

O website da Associação Francesa de Semiótica, entre muitos outros materiais interessantes, põe à disposição a gravação em áudio de uma bela entrevista concedida por Algirdas Julien Greimas à rádio France Culture em 1988. Uma hora de conversação com o criador da Escola semiótica de Paris, que fala muito livremente sobre diversos assuntos, respondendo à entrevistadora Francesca Piolot. Um raro documento histórico, inacessível durante longos anos, hoje ao alcance de todo internauta.